RSS

Resenha Cool-ER

09 fev

Cool-ER
gatosabido.com.br
R$540
Diferencial: Simplicidade e economia
Arquivos: TXT, HTML, RTF, MOBI, PRC, ePub (com e sem DRM), PDF (com e sem DRM), MP3, JPG

Não há diferenciais no Cool-ER. Ele não tem Wi-Fi nem 3G, teclado físico ou capa protetora. Se você quer um aparelho simples, que apenas leia livros, está procurando esse cara. Ele possui processador de 400MHz e seu sistema é baseado em Linux.

Seu design não é dos mais belos. Ele está disponível em três bonitas cores, mas o plástico e o corpo parecem descuidados, um pouco ocos. O peso dele compensa: apenas 193 gramas, um dos mais leve nos testes. Ele também é cheio de botões nas laterais para música, rotação de tela, home, menu e volume. Na frente fica apenas o pad de navegação, acima fica o botão de energia e a entrada para cartões e abaixo fica a entrada para fones e uma miniUSB. Não há teclado físico e os botões são duros, demora um pouco pra você decorar o que é o quê, e em algumas situações podem ser necessários quase 10 cliques para se chegar a uma função.


O contraste da sua tela de E-Ink é clarinho e ele só possui 8 tons de cinza, não sendo portanto indicado para visualização de imagens. A leitura nele é simples, ajudada pelo seu peso. Mudar a página pelo pad navegador é um pouco complicado, mas a transição de páginas não teve problemas. Se estiver difícil de ler é só aumentar a fonte pelos botões do volume, são até 3 fontes e 8 tamanhos bem grandes.

Você pode escutar músicas e áudiobooks apertando o botão exclusivo para áudio. Ele possui memória interna de 2GB, suficiente para mais de 1000 livros ou uma centena de músicas, e pode ser expandido com cartões SD de até 4GB. Mas há um problema: a entrada do fone é menor do que a padrão, exigindo o uso do adaptador que já vem na caixa. E para quem quer se distrair, ele vem com o jogo Sudoku na memória.

Ele tem uma boa compatibilidade com arquivos. Em nossos testes ele leu os formatos TXT, MOBI, PRC, ePub (com e sem DRM), PDF (com e sem DRM), HTML e RTF. Praticamente todos com ótima visualização e digramação. E já que trabalha com DRM, pode ser utilizado para a leitura de arquivos das principais livrarias brasileiras, mesmo sendo comercializado pela Gato Sabido e pelo Submarino. Ele já vem com alguns livros de domínio público na memória, e para inserir mais basta colocar um cartão SD ou conectá-lo ao PC e transferir os arquivos arrastando-os para a memória ou através do aplicativo Adobe Digital Editions, gratuito.

Como em outros aparelhos ele não se dá muito bem com PDFs, apesar de ter embutido a tecnologia Reader Mobile da Adobe e facilitar quando o documento tiver texto selecionável. Ele consegue mudar o tamanho da fonte do PDF, mas arquivos só com imagens exigem uma rolagem de página cansativa.

Por não possuir qualquer conexão sem fio, a duração da bateria passa das duas semanas. Porém, é bom você lembrar o que estava lendo antes de desligar o aparelho: apesar de guardar a página, ele volta ao menu inicial, e faz com que você tenha que abrir o livro novamente. Ele permite que você coloque marcadores de páginas e também que você busque conteúdo nos arquivos. O teclado é virtual e exige paciência para ser usado.

Fotos: Eduardo Rodrigues

Se você não tem cartão de crédito internacional para comprar um Kindle, o Cool-ER é a opção nacional mais barata do mercado. Isso faz dele uma boa escolha se você não lê muitos livros, não enxerga letras pequenas, quer economizar e mesmo assim entrar nessa nova tecnologia.

Confira esse post para conferir modelos e valores sempre atualizados! Link

Confiram esse vídeo-resenha que eu fiz:

Anúncios
 
13 Comentários

Publicado por em fevereiro 9, 2011 em livro eletrônico (ebook), resenhas

 

Tags: , , , , , ,

13 Respostas para “Resenha Cool-ER

  1. Transeunte

    fevereiro 9, 2011 at 13:02

    Obrigado! Ajudou!

     
  2. Gustavo

    fevereiro 9, 2011 at 13:17

    Boa resenha. Só discordo da parte final – “se você não lê muitos livros, não enxerga letras pequenas, quer economizar e mesmo assim entrar nessa nova tecnologia”… nesse caso, eu diria para não comprar um ereader, pois ele é justamente para quem lê muito…

    Ah, outra coisa, ele é mais caro que o Kindle 3, então não há economia alguma em comprar o cooler. O kindle sai por volta de R$ 550,00, o cooler tá R$ 600,00. E o Kindle é muitíssimo superior.

     
    • Stella Dauer

      fevereiro 9, 2011 at 19:58

      Gustavo, a ideia é bem essa. Eu não acho que um produto seja ruim, sempre tem alguém que queira comprá-lo. O que eu coloquei foi a minha opinião, mas outras pessoas compraram e disseram que adoraram.

      E o Kindle é realmente mais barato e melhor, mas não é tão fácil assim conseguir um cartão de crédito internacional. O Cool-ER pode ser comprado a prestação, fazendo com que mais gente tenha acesso a esse mercado.

      Não perca as próximas resenhas!
      Obrigada

       
  3. Gustavo

    fevereiro 10, 2011 at 8:46

    Bom, realmente sob o aspecto de trazer novas pessoas ao mercado de ereaders é uma boa opção.Agora só falta as Editoras ajudarem, deixando mais baratos os livros digitais, pois alguns chegam a custar até mais que a versão impressa.

     
  4. mkalves

    fevereiro 17, 2011 at 9:51

    Stella, bárbaras resenhas. Sou fã do kindle, apesar de suas limitações para compras de livros em português. Outro dia vi um Elgin num loja e fiqueir curiosa. Voce já o testou?
    abraço!

     
    • Stella Dauer

      fevereiro 17, 2011 at 14:55

      Oi!

      Estou atrás desse da Elgin faz tempo, para testá-lo, mas eles ainda não liberaram. Assim que tiver em mãos, posto aqui!

      Abraços.

       
  5. claudia

    fevereiro 21, 2011 at 7:57

    Vale mesmo a pena comprar esse e-reader do gato sabido? So quero mesmo pra ler, so pra isso!! Vale a pena??

     
    • marta

      fevereiro 21, 2011 at 8:04

      Oi Claudia eu tenho o Cool-er e o Kindle os dois são bons, é lógico que o Kindle é mais rápido mas o Cool-er também é muito bom, pode comprar sem medo se o que vc quer é ler, vc vai gostar.

       
      • Stella Dauer

        fevereiro 21, 2011 at 12:32

        O Cool-er é legal Claudia, mas dê uma olhada nos outros que eu resenhei, talvez algum outro seja o ideal para você!

         
  6. Wellington

    março 7, 2012 at 1:04

    Parabéns pelo seu trabalho!
    Parece-me que a fábrica deste e-reader faliu desde 2010!
    Veja em http://www.guardian.co.uk/business/2010/jul/13/cool-er-ereader-interead-liquidation
    deveriam logo vender ele a preço de banana por aqui. O site que aparece na tela não existe, a gato sabido não tem ele para vender, enfim, esse já era!

     
  7. Marcos

    novembro 20, 2013 at 10:48

    a tecnologia para e-reader é barata. Não sei porque sai tão caro. Lei da oferta e procura e blá blá blá. Mas é caro. Principalmente esse Cool-ER que não oferece nada a preço de dois Kindle’s.

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: