RSS

Arquivo da tag: gráfica

Como os livros eram feitos em 1947

Um procedimento incrível, que exigia muita organização e atenção. Reclamamos hoje em dia da dificuldade de alguns processos, quando nessa época era muito pior!

Reparem também em que parte do processo fica o diagramador. Nada do conforto da cadeira na editora ou em casa, como freelancer. Era mão na graxa! De pé, montando as linhas do livro no linotipo. Sujando e endurecendo a mão, pra deixar tudo bonitinho. E não tinha muita frescura de diminuir espaçamento, kernel, etc… é muito interessante notar as diferenças daquela época para hoje.

Aproveitem:

 
3 Comentários

Publicado por em julho 18, 2011 em design do livro, o livro

 

Tags: , , , , , , , , , ,

Cursos da Universidade do Livro

AÇÕES INOVADORAS DIGITAIS NO NEGÓCIO EDITORIAL

Carga Horária: 6 horas
Data: 04 a 05 de julho de 2011
Horário: 18h as 21h

Conteúdo
A crescente penetração das tecnologias digitais em todos os âmbitos da vida humana na última década tem causado transformações sociais sem precedentes na nossa história que afetam todas as áreas do conhecimento. O negócio editorial não é exceção. O ambiente hiper conectado e informacional que a internet e os dispositivos móveis nos oferecem trazem inúmeras novas oportunidades para oferecer conteúdos adequados aos diversos públicos nesse novo cenário. No entanto, o novo contexto também traz novos desafios que precisam ser considerados na atuação nesse mercado em transformação. O jogo mudou e é necessário conhecer as novas regras para participar. Esse curso visa familiarizar o participante com o cenário digital atual e as tecnologias emergentes que afetam o negócio editorial, bem como discutir o futuro desse mercado e estratégias de negócio nesse novo contexto digital. Para tanto, serão apresentados conceitos e fenômenos relacionados à transformação digital do mercado bem como cases ilustrativos com ações inovadoras usando tecnologias digitais.

Mais informações nesse link.

PRODUÇÃO GRÁFICA EDITORIAL

Carga Horária: 15 horas
Data: 11 a 15 de julho de 2011
Horário: 18h as 21h

Conteúdo
A anatomia do livro. O processo de produção, suas variáveis e mecanismos de controle. A pré-impressão – texto e imagem; fotografia, ilustração, softwares de editoração eletrônica e tratamento de imagens. Fotolitos e provas, sistemas analógico e digital (ctp/dtp). A impressão: sistemas, papéis e tintas de impressão. Impressão em baixas tiragens (on demand). O acabamento: formatos, montagem dos cadernos, colecionamento e encadernação, acabamentos especiais. Critérios para avaliação da qualidade do produto. Critérios de escolha de fornecedores de material e serviços gráficos. Estudo de casos.

Mais informações nesse link.

O ‘PASSO A PASSO’ DA PRODUÇÃO EDITORIAL: ACOMPANHAMENTO DOS TRABALHOS DE EDIÇÃO DO LIVRO

Carga Horária: 9 horas
Data: 19 a 21 de julho de 2011
Horário: 18h as 21h

Conteúdo
1. Como funciona uma editora e como o trabalho de produção editorial se encaixa no fluxo de produção:

  1. visão geral;
  2. o relacionamento entre os vários departamentos (exemplo de como um livro caminha dentro de uma editora);
  3. responsabilidade da produção (conferência da qualidade do trabalho, esforço para cumprimento dos prazos, obediência às normas da editora/editorial, contratação de frilas, acompanhamento dos frilas ou funcionários);
  4. o que não é responsabilidade da produção editorial.

2. Os diferentes trabalhos sob responsabilidade da produção editorial:

  1. trabalhos extra-texto: capa, contracapa, orelha, folhas de rosto, ficha catalográfica, ISBN (a quem e quando requisitá-los, como aprová-los);
  2. trabalhos com o texto: explicação de cada um, quando é necessário e quando é dispensável, o que é preciso atentar, que tipo de qualidade o profissional precisa ter para executar cada um;
  3. exemplos das intervenções esperadas em cada tipo de trabalho de texto (edição, normalização, padronização, revisão de tradução, preparação, primeira prova, segunda prova);
  4. exercícios rápidos para fazer em classe.

3. Como passar trabalhos para profissionais:

  1. como selecionar frilas (indicadores de qualidade, experiência, adequação) e como evitar escolhas problemáticas (testes, indicações);
  2. como dar instruções para o trabalho (nível de intervenção, exemplos do que se espera, prazo, folha de dúvidas, quando consultar autor/editor/produtor);
  3. como acompanhar o trabalho (programação de prazo, telefonemas ou verificação com funcionário, teste de um capítulo);
  4. como verificar um trabalho feito;
  5. principais problemas ao lidar com frilas (sinais de alerta, soluções);
  6. principais problemas ao lidar com uma equipe interna;
  7. procedimentos gerais para garantir um fluxo tranquilo.

Mais informações nesse link.

Informações:

Fundação Editora da Unesp.
Praça da Sé, 108 – Centro – São Paulo – SP
CEP: 01001-900
Tel.: (11) 3242-9555 | Fax: (11) 3242-9613
unil@editora.unesp.br
www.editoraunesp.com.br
 

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Cursos na Gráfica Pancrom

A gráfica Pancrom, destaque no mercado gráfico, vai oferecer seus dois cursos agora em março, com turmas de sábado e de dia de semana. Eu já fiz os dois cursos e recomendo para quem quer estar a par dos processos e tecnologias. Serve também para lembrar de coisas esquecidas e refrescar a cabeça. A visita à gráfica da Pancrom também vale a pena.

Confira os cursos:

Curso de Produção Gráfica

Pré-impressão, Impressão e acabamentos gráficos.
(Provas de Contrato, papéis, tintas, vernizes, acabamentos diferenciados
e novas tecnologias na área gráfica).
Dias 06 e 13 de Março de 2010 – das 9h00 às 16h30
De 22 a 26 de Março de 2010 – das 19h00 às 22h00
Carga horária: 15 horas
Valor R$ 250,00

Curso de Pré-impressão

Fechamento de arquivos, geração de PDFs e dicas de Pré-impressão
(para envio de arquivos digitais para gráficas).
Dias 20 e 27 de Março de 2010 – das 9h00 às 16h30
Carga horária: 15 horas
Valor R$ 250,00

Endereço Auditório Pancrom:
Rua Barão de Jaguara, 980, Cambuci
(próximo do Largo do Cambuci)

Mais informações no site do curso.

 
Deixe um comentário

Publicado por em março 5, 2010 em eventos

 

Tags: , , , ,

Gráfica Fidalga – amor pela impressão

Quantas vezes por dia não vemos aqueles cartazes coloridos misturados à sujeira e ao barulho da cidade? Shows de funk, de pagode, de mulheres dançarinas… vemos de todos os tipos, e são tantos que quase já não são mais vistos. Alguns dizem que enfeiam a cidade, já suja e saturada e poluição. Outros tratam o lambe-lambe como expressão de arte, e até colecionam exemplares.

Você já parou para imaginar de onde vêm esses lambe-lambes? Quem faz isso? São peças que parecem ter parado no tempo, que ainda utilizam a mesma tipografia de tantos anos atrás. Apesar dos assuntos que retratam terem se adaptado ao nosso tempo, o papel colorido e fino, a tinta bicolor e as grandes letras esticadas parecem pertencer a todas as épocas.

O vídeo abaixo mostra isso e muito mais sobre esses cartazes. A Gráfica Fidalga fica em São Paulo, e produz pôsteres em uma impressora alemã de 1929, que utiliza letras de madeira entalhadas. Chamado de “lambe lambe,” o fino papel usado nos pôsteres é colado com cola de arroz. Graças à Galeria Choque Cultural, que regularmente produz pôsteres para suas exposições com a  Gráfica Fidalga, eles conseguem sobreviver, mas ainda precisam de ajuda. Caso esteja interessado, contate o diretor da galeria Eduardo Saretta.

Aposto que, depois de assistir ao vídeo, os lambe-lambes passaram a ter valor sentimental para você. Depois de perceber o amor com que são feitos, a paixão que é dosada em sua produção, e da história de vida de seus produtores, não há como não olhar pra um deles agora e não dar um pequeno sorriso.

Em um mundo aonde as coisas são tratadas com indiferença, aonde gráficas gigantes e mecanizadas produzem milhões de peças por dia, existem três caras que amam o que fazem, que passaram a vida inteira se dedicando a isso, e que “sentem a dor” da máquina quando ela tem um problema. Não precisamos todos fazer isso, mas dá um gostinho a mais na profissão ver outras pessoas que também gostam de artes gráficas a esse ponto.

Para quem acha que isso não teve nada a ver com Design de Livros, sugiro apreciarem a capa do ótimo volume e referência “Pensar com tipos”, de Ellen Lupton. São quatro tipos de capa, todas impressas em impressoras de lambe-lambe. Uma ótima idéia, com um acabamento alternativo e bonito. Confira terechos dele aqui.

pensar_com_tipos

Créditos: Mural CDesign

Em tempo: Caso você também aprecie essa arte neglicenciada, recomendo uma noite no bar Exquisito!. Lá, além do ambiente diferente e da comida boa, é possível ver paredes forradas dos mais diversos lambe-lambes, das mais diversas épocas, além de cartazes antigos do nosso cinema nacional.

A dica do vídeo que inspirou esse post é do Rodrigo Bruno.

 
14 Comentários

Publicado por em abril 22, 2009 em história, referências, tipografia

 

Tags: , , , , , ,

 
%d blogueiros gostam disto: